Roseana Sarney diz que não disputará mais eleições

Em queda livre nas pesquisas eleitorais, a chefe do Executivo maranhense explicou que a decisão foi tomada para cuidar de sua saúde e por estar cansada dos ataques políticos que recebeu ao longo de seu último mandato

roseana-sarney-20110103-size-598Depois de o senador José Sarney (PMDB) anunciar seu distanciamento da vida política, sua filha, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), informou que também deixará a vida pública para cuidar da saúde e da família. O anúncio foi feito durante a convenção do PMDB, nesta sexta-feira (27/6), que homologou Edison Lobão Filho como candidato da legenda ao governo do Maranhão.

Em queda livre nas pesquisas eleitorais, a chefe do Executivo maranhense explicou que a decisão foi tomada para cuidar de sua saúde e por estar cansada dos ataques políticos que recebeu ao longo de seu último mandato. “Não quero mais disputar eleição. Não quero saber mais de mandato. Vou sempre ajudar o Maranhão. Mas, agora, quero cuidar da minha vida”, afirmou.

“Eu estou perdendo toda a minha biografia. Estava virando apenas a filha de Sarney. Eu tenho uma vida política própria. Fui a primeira mulher governadora do país. Sempre tive uma forte atuação na luta das mulheres”, declarou.

Com a saída dos dois principais nomes da família Sarney, há expectativa de renovação na política no Maranhão. Na frente das pesquisas está o atual presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), que aparece disparado nas pesquisas. Roseana já está em seu quarto mandato, como governadora do Maranhão e encerra sua carreira política fragilizada devido à crise no sistema penitenciário, que resultou em mortes e rebelião no presídio de Pedrinhas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.