Rodovias desgastadas passam por reformas em todo o Estado

Mais de 540 quilômetros de malha asfáltica passam por restauração e pavimentação

Goinfra realiza obras em várias regiões de Goiás. Foto: Reprodução

A Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) colocou o time em campo e está executando obras nas estradas goianas. Segundo a Goinfra, mais de R$270 milhões já foram investidos em um pacote para ampliar e reconstruir 540 quilômetros de vias rodoviárias em Goiás. Entra nessa soma projetos e construção de novas pontes.

O governador Ronaldo Caiado afirmou que “Não é asfalto de faz de conta, é padrão nacional” e que a nova malha rodoviária deve ter vida útil de 15 anos, estando nos padrões do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Na região Oeste, a Goinfra promete concluir a pavimentação da GO-174, entre Diorama e Montes Claros de Goiás. Com 32,9 quilômetros de extensão, a obra estaria executada ainda pela metade. A previsão da agência é de que até o final do ano, as obras estejam concluídas na importante via de escoamento da região. Ainda na Região, outras obras estão em andamento, como por exemplo, a restauração de 16 quilômetros da GO-326, entre Sanclerlândia e Buriti de Goiás.

Na região Sul, a primeira etapa da reforma da GO-487 foi entregue por Caiado em julho e a etapa seguinte ainda está em andamento. Na Região Central, a Goinfra retomou as obras de restauração da GO-414, entre Roselândia e o entroncamento da GO-020, na região Metropolitana de Goiânia. No total, serão revitalizados 2,7 quilômetros, com previsão para concluir o serviço no mês que vem.

Há obras diversas de pavimentação e reconstrução sendo desenvolvidas também nas regiões Norte e Nordeste de Goiás, assim como na região do Entorno do Distrito Federal.

Pontes

A Goinfra estaria colocando em prática também o projeto de cinco pontes em Goiás. Os custos acumulados para a construção das travessias chega à marca de R$ 12,4 milhões. A que exige mais recursos, segundo a agência, é a ponte sobre o Rio Verdão, na GO-409, em Maurilândia, com extensão de 177 metros. O valor estimado para as obras é de R$3 milhões.

Três outras obras são projetadas sobre os Rios: Santa Maria, entre Alvorada do Norte e Flores de Goiás; Mangabeira, na GO-230, entre Mimoso de Goiás e Água Fria; e o Rio Paranã, na GO-116.

Na GO-324, entre Jussara e Jacilândia, será feita a construção de ponte sobre os córregos da Divisa e Marreca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.