Rodney Miranda presta depoimento sobre acusações feitas em áudio

Secretário de Segurança Pública esteve na delegacia na última segunda-feira, 8. Investigação segue em sigilo

A Polícia Civil já começou a investigar as acusações de corrupção e grampo ilegal contra o Secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda. As acusações foram feitas por Jorge Caiado, primo do governador Ronaldo Caiado (DEM), em áudio repassado por aplicativo de mensagem. O primeiro a ser ouvido na Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), foi o próprio Rodney, na tarde da última segunda-feira, 8.

São duas investigações, uma em relação ao vazamento do áudio e a segunda sobre as acusações de corrupção cometidas por Rodney Miranda e grampos ilegais que também teriam sido feitas a pedido dele. As investigações seguem em sigilo, assim como o teor do que foi dito pelo secretário de Segurança Pública.

Mais depoimentos devem ocorrer nos próximos dias. A expectativa é de que Jorge Caiado seja ouvido no começo da próxima semana. Rodney Miranda pediu afastamento e está de férias desde que o áudio com as acusações veio a tona.

Alego

Os deputados também querem ouvir o que Rodney Miranda tem a dizer sobre o áudio e as acusações contidas nele. O deputado Eduardo Prado fez o convite que dá ao secretário de Segurança Pública o prazo de 15 para responder a solicitação do Legislativo Estadual e responder as perguntas dos parlamentares.

Um requerimento convidando Jorge Caiado ainda deve ser votado na Casa. Deputados de oposição reúnem assinaturas para instalar uma CPI que vai investigar as acusações de corrupção e de grampos ilegais apontadas no áudio gravado por Jorge Caiado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.