“Robin Hood às avessas”, presidente da Fieg critica insistência em cortes ao Sistema S

Em evento de homenagem à estudantes do Sesi ganhadores em concurso da Nasa, Sandro Mabel afirmou que entidade é primordial no desenvolvimento das indústrias

Foto: reprodução

Durante o evento que homenageou os estudantes ganhadores do concurso de robótica da Nasa, o presidente da Federação das Industrias do Estado de Goiás, Sandro Mabel, relembrou anúncios de cortes no Sistema S, ação defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Para o presidente da Fieg, trata-se de uma proposta “Robin Hood às avessas”.

“Cortar um sistema que é o que se profissionaliza no Brasil. É tirar dinheiro da educação para devolver dinheiro para o empresariado, um dinheiro que para eles não faz diferença. Esse dinheiro é usado para a profissionalização de forma que essa mão de obra é posteriormente utilizada pela indústria. O governo tem insistido nesse assunto. Eu acho uma falta de sensibilidade total”, criticou o presidente.

Em conversa com os estudantes, Sandro Mabel afirmou, ainda, que há por parte de alguns parlamentares a tentativa de barrar esses cortes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.