Roberto anuncia início de obras para garantir abastecimento de água em Anápolis

Após reunião com presidente da Saneago, prefeito cobrou agilidade no projeto orçado em R$ 118 milhões

Jalles Fontoura e Roberto Naves | Foto: reprodução

A primeira fase do projeto que vai acabar com o problema da falta d’água em Anápolis já começou a ser executada. O primeiro passo foi a perfuração de dois, dos 40 poços artesianos que irão alimentar a atual estação de tratamento da cidade.

A informação foi dada pelo prefeito Roberto Naves (PTB), após reunião nesta quinta-feira (11/5) com o presidente da estatal, Jalles Fontoura (PSDB). No encontro, o petebista buscou dar mais celeridade para a solução de uma de suas principais promessas de campanha — a sustentabilidade hídrica.

Roberto cobrou o cronograma de obras executadas pela empresa, pois, segundo ele, o tempo está correndo depressa e as soluções devem ser apresentadas. “A Saneago deve ser cobrada pela oportunidade que pediu à cidade de Anápolis, se não cumprir, nós vamos fazer o que precisa ser feito”, garantiu.

A segunda fase do projeto contemplará a transposição do Córrego Capivari até o Piancó, que abastece a cidade. Já a terceira fase, consiste na construção de estações de captação e tratamento. O orçamento total das obras é de R$ 118 milhões.

Encontro 

Ainda em Goiânia, o prefeito Roberto Naves se encontrou com o governador Marconi Perillo (PSDB), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, onde foram tratados assuntos de interesse do setor produtivo da cidade.

O petebista solicitou ao governador que a área do estado que abriga o projeto da Plataforma Multimodal, próxima ao Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), seja utilizada para a implantação do Daia 2, com o objetivo de implantar mais indústrias no novo distrito.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.