“Retirar 30% do FCO é inconstitucional e não vamos permitir”, garante deputado

Parlamentar tucano reage à tentativa do governo de repassar parcela do fundo ao Tesouro Estadual

Tales Barreto discursa na Alego

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado Talles Barreto (PSDB) se manifestou contrário ao projeto do governo em destinar 30% dos recursos do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) para investir no Tesouro Estadual.

“Essa é mais uma medida que este governo toma e que ficamos sem entender. Não podemos dispor deste percentual para o governo pagar suas contas”, defendeu Talles.

O Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) é um fundo de crédito criado pela Constituição Federal de 1988 com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social da Região Centro-Oeste.

O tucano também explicou que o maior prejudicado com essa medida são os novos empresários que precisam de abrir seus negócios com empréstimos a juros baixos: “É uma medida que prejudica a economia de todo Estado.”

A medida para o impedimento do projeto é a abertura de um Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), na justiça. “Retirar 30% do FCO é inconstitucional e não vamos permitir. Isso é algo que só poderia ser alterado via Congresso Nacional, em Brasília”, encerrou o deputado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.