Resultado de exame em paciente com suspeita de ebola será divulgado em 24h

Conforme o ministro da Saúde, Arthur Chioro, 64 pessoas tiveram contato com o paciente

24 horas. Este foi o prazo estabelecido pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, para que seja divulgado o exame laboratorial do homem de 47 anos com suspeita de contaminação pelo vírus ebola no Brasil. A declaração foi concedida pelo ministro durante entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira (10/10).

Na ocasião, o titular destacou que a pasta cumpriu com todos os protocolos internacionais no controle da doença, contrariando a informação divulgada por um porta-voz da Organização Mundial de Saúde (OMS) de que o governo do Brasil não teria informado ao órgão sobre o caso.

O suspeito de infecção por ebola, o africano Souleymane Bah, realizou na manhã de hoje exames iniciais no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Manguinhos, na zona norte do Rio de Janeiro. A unidade é um centro de referência escolhido pelo Ministério da Saúde para o tratamento de suspeitos da doença no Brasil.

Sobre o estado de saúde do paciente, o ministério informou que “até o início da noite de ontem, estava subfebril e não apresentava hemorragia, vômitos ou quaisquer outros sintomas. Está em bom estado geral e, mantido em isolamento total”.

Ainda de acordo com a pasta, 64 pessoas tiveram contato com o paciente, sendo que 60 delas foram na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cascavel (PR), além de dois casais que estavam na mesma residência do africano.

Apesar de serem considerados de baixo risco, todos os envolvidos passarão a ser monitorados diariamente pelas próximas três semanas.

 

Deixe um comentário