Reservistas fazem novo protesto pela manutenção do SIMVE

Manifestação ocorre no dia em que acórdão que considerou lei irregular foi publicado na versão impressa do Diário de Justiça. Estado tem dez dias para exonerar selecionados

Polícias do SIMVE terão que ser exonerados | Foto: Eduardo Ferreira/ Agecom

Polícias do SIMVE terão que ser exonerados | Foto: Eduardo Ferreira/ Agecom

Os reservistas dispensados do Serviço de Interesse Militar Voluntário de Goiás (Simve) da Polícia Militar realizaram novo protesto na manhã desta segunda-feira (18/5), em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira, na Praça Cívica.

Cerca de 30 manifestantes tentaram chamar a atenção da sociedade e do governo para a ausência deles nas ruas. Do centro administrativo eles partiram em caminhada para a Academia da PM, no Setor Leste Universitário.

A lei 17.882 foi considerada ilegal após a publicação do acórdão na versão impressa do Diário de Justiça. Ainda é aguardada para esta segunda-feira declaração da Procuradoria Geral do Estado (PGE) sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

A decisão pela extinção do SIMVE é do dia 26 de março e foi definida unanimemente pelos ministros, concluindo pela irregularidade da atuação dos 2,5 mil policiais temporários. Conforme o promotor de Justiça Fernando Krebs o governo terá até dez dias para exonerar os servidores a partir de hoje.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.