Reportagem aponta que PT teria pago R$ 500 mil para autor de ‘Dilma Bolada’

Com a negociação, o autor da página ‘Dilma Bolada’, Jeferson Monteiro, partiu para postagens mais agressivas contra os adversários, como afirma na reportagem da revista Época

Foto: Reprodução|Facebook

Foto: Reprodução|Facebook

A revista Época divulgou em reportagem que o autor da página ‘Dilma Bolada’, o publicitário Jeferson Monteiro, é um dos principais nomes da campanha publicitária de Dilma Rousseff (PT). Monteiro estaria recebendo R$ 500 mil do Partido dos Trabalhadores (PT) para manter a página que tem 1,5 milhões de seguidores.

Logo no início da campanha eleitoral, o publicitário colocou um fim na página e decretou a morte do personagem. Depois de seis dias, ao final da suposta negociação, a ‘Dilma Bolada’ estava outra vez no ar e, de acordo com a revista, o PT que havia convencido Monteiro a retomar as atividades em troca do valor citado.

Com a negociação, Monteiro partiu para postagens mais agressivas contra os adversários, como afirma na reportagem. “Em agosto, poucos dias depois de reativar sua conta, Dilma Bolada disse que o pai do menino de 11 anos cujo braço foi comido por um tigre num zoológico do Paraná deveria ter levado Aécio Neves no passeio”, diz parte do texto veiculado pela revista.

Deixe um comentário