Reforma administrativa só deve ser votada em plenário na próxima semana na Alego

Ele foi colocado para votação na quarta-feira, 15, mas recebeu emendas e pedido de vista

O projeto da reforma administrativa do Governo do Estado, só deve ser apreciado em plenário da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) na próxima semana. Ele foi colocado para votação na quarta-feira, 15, mas recebeu emendas.

Com emendas de Talles Barreto (PSDB), Tião Caroço (PSDB), Lêda Borges (PSDB), Zé Carapô (DC), Cláudio Meirelles (PTC) e Major Araújo (PRP), o projeto seguiu para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ).

Na comissão, o relator, Álvaro Guimarães (DEM), só acatou uma emenda apresentada pela Mesa Diretora. Ele rejeitou todas as modificativas. A proposta acatada pela relatoria pede a exclusão dos Poderes Legislativo e Judiciário do remanejamento de recursos que a Governadoria vai realizar.

Esse remanejamento visa à dotação orçamentária de novos órgãos que estão sendo criados no Executivo, por meio da Reforma Administrativa.

Além disso, os deputados Talles Barreto, Helio de Sousa (PSDB), Jeferson Rodrigues (PRB), Vinícius Cirqueira (Pros) e Major Araújo pediram vista e a matéria só deve voltar a ser apreciada pela CCJ na semana que vem.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.