Recadastro no Passe Livre Estudantil passa a ser totalmente online

Viagens extras poderão ser solicitadas por aluno no ato de preenchimento do formulário de cadastro ou recadastro, informa o superintendente da Juventude, Leonardo Felipe

Marconi Perillo – Passe Livre Estudantil | Foto: Eduardo Ferreira

O Governo de Goiás abre na segunda-feira (15/1) o cadastro e recadastro dos estudantes no Programa do Passe Livre Estudantil (PLE) nas três regiões com cobertura do benefício – Grande Goiânia, Anápolis e Rio Verde. Gestora do programa, a Secretaria de Estado de Governo (Segov) anunciou nesta sexta-feira (12) a abertura de inscrições e informou que, para 2018, o recadastramento foi simplificado e será feito 100% online no site da Superintendência de Juventude (Sujuv)

Outra novidade é que os beneficiados que necessitem de viagens extras poderão preencher o formulário de requisição já no ato do cadastro ou recadastro. A assistência está prevista no decreto que instituiu o PLE, também disponível no site. O aluno será contemplado com as demais viagens desde que a solicitação esteja de acordo com as normas do programa. Por exemplo, se comprovar que faz dois cursos de ensino regular.

Para o cadastro, segue como antes: o estudante deve preencher os dados no site, indicar uma unidade do Vapt Vupt mais adequada à sua rotina e comparecer ao local após 10 dias corridos para fazer a retirada do cartão. Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (12), o superintendente Leonardo Felipe informou que a previsão para o semestre é de que sejam beneficiados entre 90 mil e 100 mil estudantes neste primeiro semestre. A previsão é de que o programa consuma algo em torno de R$ 90 milhões em 2018.

Criado pelo governador Marconi Perillo e implantado em agosto de 2013, o Passe Livre Estudantil já recebeu R$ 159 milhões em investimentos e, desde 2017, é custeado integralmente pelo Tesouro Estadual – até então, o custo era dividido com os demais usuários do sistema. Felipe alertou para o dispositivo legal que determina os repasses das passagens no 10.º dia útil de cada mês, e não no 10.º dia corrido, o que faz com que a recarga chegue ao cartão em dias diferentes a cada mês.

O Passe Livre Estudantil é um dos principais programas sociais do Governo de Goiás, proporcionando economia para os estudantes e incentivando a sua permanência no ambiente escolar, reduzindo os índices de evasão escolar. O Passe Livre Estudantil é uma conquista não apenas dos estudantes, mas de toda a sociedade civil, porque o valor que os alunos gastavam com transporte poderá ser investido agora em outras áreas.

“É um projeto extremante benéfico e inovador, que demonstra a preocupação do Governo de Goiás com o desenvolvimento da sociedade e principalmente com as questões relacionadas à juventude”, entende o secretário de Governo, Tayrone Di Martino.

Deixe um comentário