Secretária está em missão oficial para conhecer reforma educacional daquele País. Além disso, participa da Universíade

Raquel Teixeira em reunião no Kedi, na Coreia do Sul | Foto: Assessoria da Comunicação
Raquel Teixeira em reunião no Kedi, na Coreia do Sul | Foto: Assessoria da Comunicação

Em missão oficial a Coreia do Sul, a secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, e o superintendente Executivo de Esporte, Júnior Vieira, foram recebidos nesta terça-feira (30/6), em Seul, pelo Dr. Sun-Geun Baek, presidente do KEDI – Korean Educational Development Institute -, o departamento estratégico encarregado de pensar e inovar a Educação Coreana.

No encontro, foram apresentados dados, projetos e bastidores da reformas que transformaram o país em estrela da educação mundial. “Foi uma honra ser recebida por eles e a reunião foi muito produtiva”, informou a secretária, que pretende viabilizar elementos que possam contribuir com a educação em Goiás e com a primeira reforma curricular no Brasil.

As informações recolhidas por Raquel serão apresentadas na próxima reunião do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

De acordo com a professora, a Coreia do Sul deu um salto de qualidade em apenas 50 anos e já estão na oitava reformulação curricular enquanto o Brasil ainda discute a primeira reforma. “O Kedi realiza pesquisas para promover políticas educacionais baseadas em evidências e para melhorar competências no futuro. Um dos levantamentos em andamento visa criar subsídios para elaborar as novas políticas educacionais do governo rumo à educação para a felicidade”, completou.

De acordo com ela, ficou claro que um dos pontos que mais contribuíram para que a Coreia do Sul conquistasse a excelência no ensino foi o investimento na formação continuada dos professores. Para ser professor, é preciso estar entre os 5% melhores alunos da universidade. E todos são avaliados: alunos e professores. Segundo ela, o aluno estuda das 7h30 da manhã até as 23 horas. “Eles têm obsessão pelo sucesso”, comentou..

Universíade

A missão goiana também acompanhará na Coreia do Sul a 28ª edição da Universíade de Verão, considerado o terceiro maior evento esportivo do mundo. Ao lado de Júnior Vieira, Raquel Teixeira representará o governador Marconi Perillo (PSDB) na solenidade de abertura dos jogos. A intenção é articular a candidatura de Goiânia como sede da próxima edição da Universíade, que acontecerá em 2019.