“Queremos mostrar nossas preocupações sobre o Plano Diretor”, diz representante do setor imobiliário

Ele defende que a visão do setor sobre a matéria precisa ser mostrada àqueles que irão votar o texto, não para orientar posição, mas para mostrar o ponto de vista do setor, a ser ou não considerado

Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O presidente do Sindicato dos Condomínios e Imobiliárias de Goiás (Secovi), Ioav Blanche, explica que idas à Câmara Municipal e diálogo com vereadores sobre o Plano Diretor, que tramita na Casa, não é lobby, como vem sendo alegado por parlamentares. “Faço isso para esclarecer e para mostrar as preocupações”, disse.

Ele defende que a visão do setor sobre a matéria precisa ser mostrada àqueles que irão votar o texto, afinal. “Eu nunca vou pedir para ele votar assim ou assado, eu vou falar “olha, no nosso ponto de vista isso aqui pode ser melhorado”, cabe ao vereador ter sensibilidade de escutar todo mundo”, completou.

Trabalho árduo

Segundo Blanche, é isso que representantes do setor imobiliário têm feito. “Estamos chamando as pessoas, discutindo. Toda semana pelo menos a gente senta e se debruça sobre isso”, disse.

O presidente explica, ainda, que tem lutado arduamente para melhorar o valor do mercado em Goiânia. “Nós temos o valor do m² mais barato entre as capitais brasileiras. Então a gente luta por isso e discute, não para favorecer fulano ou beltrano, mas porque queremos uma cidade melhor e isso será fruto de uma luta árdua”, pontuou.

O sindicalista conta que não só os vereadores têm sido procurados, como também o Ministério Público. “Isto é, as pessoas que realmente tentaram reunir as entidades empresariais para discutir isso”, justificou.

0 resposta para ““Queremos mostrar nossas preocupações sobre o Plano Diretor”, diz representante do setor imobiliário”

  1. Avatar Dalmy Pedro disse:

    Tá muito preocupado… só que, a preocupação do Sr. aí, é se ele vai conseguir ou não colocar áreas na zona de expansão urbana, isso sim !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.