“Quem acha que Iris está velho deveria conversar com ele para perceber sua lucidez”

Em visita ao Jornal Opção, o ex-senador peemedebista Mauro Miranda disse que o pré-candidato a prefeito de Goiânia Iris Rezende tem capacidade de enxergar e ouvir

Para Mauro Miranda (PMDB), não há outro pré-candidato capacitado a assumir o cargo de prefeito de Goiânia como Iris Rezende (PMDB) | Foto: Alexandre Parrode

Para Mauro Miranda (PMDB), não há outro pré-candidato capacitado a assumir o cargo de prefeito de Goiânia como Iris Rezende (PMDB) | Foto: Alexandre Parrode

O pré-candidato do PMDB à Prefeitura de Goiânia Iris Rezende, que está com 82 anos, não é um político velho. Amigo do ex-prefeito, o ex-senador Mauro Miranda, que visitou o Jornal Opção nesta segunda-feira (11/4), considera que Iris é um homem muito lúcido e uma figura política que sabe lidar com a população e tem agilidade nas ações administrativas. “Quem acha que o Iris está velho deveria conversar um pouco com ele para perceber a sua lucidez.”

Para Mauro Miranda, a capacidade de Iris de saber ouvir e conversar são qualidades que muitos políticos que pretendem ser prefeito de Goiânia não têm. “Não tem outro (pré) candidato preparado”, afirmou o peemedebista. A paixão descrita pelo amigo que o escolhido pelo PMDB como pré-candidato este ano tem é um dos motivos para Iris Rezende colocar seu nome na disputa eleitoral novamente.

“Ele é um político nato, vive de política. Ele recebe gente toda hora, está indo a reuniões em todos os lugares. É natural ele ser o candidato do partido.” Segundo Mauro Miranda, Iris fará o que ele gosta como pré-candidato a prefeito de Goiânia, que é viver de política. “Ele vai viver bem se continuar sendo político, que é o que ele mais gosta na vida”, explicou.

Para Mauro Miranda, não há outro nome em Goiânia para assumir o cargo de prefeito no dia 1º de janeiro de 2017. “Eu não vejo nenhum nome preparado dentro da cidade para ser o prefeito. Ele depende só dele.”

Rompimento com PT

Ao ser questionado sobre o rompimento do PMDB com o PT em Goiânia, e consequentemente de Iris com o prefeito Paulo Garcia (PT), que era vice-prefeito do peemedebista, Mauro Miranda disse entender que era uma reação natural de Iris Rezende dar uma resposta à retirada de “companheiros” dos cargos que ocupavam na prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.