Queiroz negocia delação premiada com o Ministério Público

Maior preocupação de Queiroz é que a esposa e as filhas venham a ser presas

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, está em fase avançada de negociação de uma delação premiada com o Ministério Público, informou a CNN Brasil na tarde desta sexta-feira, 26. 

Segundo a emissora, a maior preocupação de Queiroz é que a esposa e as filhas venham a ser presas, além de querer uma prisão domiciliar, e a delação pode abordar tanto a questão das rachadinhas no gabinete do então deputado e agora senador Flávio Bolsonaro, como também das milícias no Rio de Janeiro. No entanto, para conseguir a delação e os benefícios que a acompanham, Queiroz deve apresentar fatos novos. 

Fabrício Queiroz foi preso no dia 18 de junho, em Atibaia, na casa de Frederick Wassef, então advogado da família Bolsonaro. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.