O quadro de saúde das gêmeas Heloá e Valentina, que passaram por uma cirurgia de separação de corpos na última quarta-feira, 11, ainda é grave e elas seguem internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Estadual da Criança e Adolescente (HECAD). Isso é o que diz o boletim médico divulgado pelo hospital na noite desta sexta-feira, 13.

De acordo com o boletim médico, as gêmeas estão respirando por aparelhos e ainda fazem uso de medicação para sedação e dor, além de antibióticos e medicamentos específicos para manter a pressão arterial.

O quadro ainda é grave pela complexidade do procedimento realizado, mas o boletim diz que as gêmeas seguem em processo de recuperação cirúrgica. Ainda nesta sexta-feira,13, foi realizado um curativo nas duas e a ferida operatória está em bom estado, sem sinais de infecção.