PSOL escolhe socialista evangélico para concorrer ao governo de Goiás

Com preferência da militância na capital, policial assumidamente gay perdeu disputa no diretório estadual

Reunião do diretório estadual da sigla ocorreu em Valparaíso, no último domingo (23)

O diretório estadual do PSOL elegeu na noite deste domingo (22) o Professor Weslei Garcia como candidato da sigla na disputa ao governo de Goiás. A preferência da militância na capital não fez com que o PM da reserva Fabrício Rosa — alvo recente de atenção da imprensa por ser assumidamente gay — garantisse a vitória.

Weslei contou com ampla maioria do diretório, em eleição realizada na cidade de Valparaíso de Goiás.

O professor Weslei, como é conhecido, é evangélico e alega que possui condições de defender princípios fundamentais do programa socialista, representá-lo junto às organizações sindicais e movimentos sociais e comprometer com a população goiana.

O socialista ganhou notoriedade em 2014 como candidato ao governo do Estado de Goiás, principalmente, por sua atuação em debates com adversários.

Filiado ao partido desde 2005, professor Weslei, presidiu o Diretório Municipal de Valparaíso e exerce, atualmente, o segundo mandato como presidente regional do partido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.