“PSDB é um partido diferente: demonstra equilíbrio e não tem visão estreita”, diz Vecci

Pré-candidato a prefeito de Goiânia se reuniu com mulheres tucanas e participou de mais dois eventos na manhã desta sábado

vecci-encontro-mulheres

Vecci durante encontro com mulheres do PSDB

Ao participar, na manhã deste sábado (2/7), do Seminário de Capacitação Política para Mulheres 2016, realizado pelo PSDB Mulher, o pré-candidato a prefeito de Goiânia, deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB), defendeu maior participação da mulher em todas as instâncias do poder e encorajou as potenciais candidatas do partido a levarem a mensagem da “socialdemocracia” nas eleições deste ano.

Vecci lembrou sua história no tucanato, que teve início em 1990, e afirmou que além de estimular as mulheres a ingressarem na disputa eleitoral, é importante que elas mostrem a diferença que é pertencer a um partido como o PSDB.

“Nós, do PSDB, não temos aquela visão estreita que outras siglas possuem. É preciso que os partidos tenham equilíbrio e o PSDB demonstra esse equilíbrio entre o capital e trabalho, social e econômico, direito e dever. Somos diferentes e temos que levar isso para a sociedade”, conclamou.

O pré-candidato afirmou que é preciso diferenciar os pré-candidatos à prefeitura, destacando que alguns têm poucas propostas e oferecem apenas populismo barato. “Hoje assistimos o confronto entre o populismo e o planejamento, entre o demagogo e o que possui capacidade de enfrentar os problemas sem promessas milagrosas. Tem gente não sabe diferenciar o populista do popular”, disse.

Vecci defendeu que mulheres precisam estar presentes em todas as esferas da administração. Ele lembrou que no governo de Henrique Santillo teve a honra de ajudar a desenhar a Secretaria da Condição Feminina. “Mas entendo que a mulher tem que atuar em todas as secretarias, em todos os órgãos”, frisou.

No governo de Marconi Perillo (PSDB), três das dez secretarias são comandadas por mulheres: a de Educação, Cultura e Esporte (Raquel Teixeira); a da Mulher, Desenvolvimento Social, Igualdade Racial, Direitos Humanos e do Trabalho (Lêda Borges); e a da Fazenda (Ana Carla Abrão).

A vereadora Dra. Cristina Lopes (PSDB) reiterou a importância da formação de uma chapa feminina forte nessas eleições. Lêda Borges, estimulou as mulheres na construção de um projeto do PSDB para a capital. “O PSDB não coloca a sua cara em Goiânia há muito tempo e chegou a hora de marcamos posição na capital. Vecci é um homem muito preparado que mostrou disposição de colocar a sua cara para disputar essas eleições. E precisamos de mulheres assim, com coragem, para entrar também na disputa”, encorajou.

O evento, promovido pelo PSDB Mulher Nacional, Estadual e Municipal, reuniu também os presidentes do partido regional, Afrêni Gonçalves; e metropolitano, Rafael Lousa, além de filiadas que receberam orientação nas áreas de comunicação e mídias sociais, direito eleitoral, planejamento de campanha e consultoria pessoal.

Plano de governo

Ex-presidente do PSDB Goiânia, Maurício Beraldo; vereador Anselmo Pereira; pré-candidato Vecci

Ex-presidente do PSDB Goiânia, Maurício Beraldo; vereador Anselmo Pereira; pré-candidato Vecci

Após participar do evento com as mulheres, o pré-candidato esteve na quarta edição do evento “Fala Goiânia”, no Jardim Guanabara II. Vecci destacou que ouvir a população é uma de suas prioridades para poder construir um plano de governo coerente com as necessidades dos moradores dos diversos bairros de Goiânia. “Construir um plano que não crie ilusão para vender o que não dá conta de entregar. Um governo comprometido com a população, planejado e com gestão compartilhada”, reforçou.

O evento contou com a participação do presidente da Câmara de Goiânia, Anselmo Pereira (PSDB), do ex-vereador Maurício Beraldo (PSDB) e outras lideranças locais e pré-candidatos a vereador.

Vecci participou, ainda na manhã de sábado, do encontro com os anistiados da extinta Caixego no Parque Agropecuário de Goiânia, ao lado do governador Marconi Perillo (PSDB) e do vice-governador José Eliton (PSDB). E

m 2013, o pré-candidato participou, como secretário de Gestão e Planejamento, do trabalho de elaboração das normais que tiraram do papel a lei que reintegrou aos quadros do governo os servidores demitidos entre 1990 e 1997.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.