PRTB já está com Iris Rezende, pelo óbvio

Presidente do partido em Goiás explicou que com o PT ou o PSB teria menos vantagem na composição das chapas proporcionais. Denes Pereira nega que decisão já foi tomada

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Enquanto o PCdoB da deputada estadual Isaura Lemos diz não ter fechado com a chapa peemedebista encabeçada pelo ex-governador Iris Rezende, o presidente do PRTB, Denes Pereira, confirma “conversa preliminar muito boa”. Segundo o político, diálogo definitivo com o líder peemedebista deve ocorrer no máximo até a próxima segunda-feira (30/6), data da convenção conjunta entre PMDB e DEM.

Apesar de dizer que a definição deve sair só na próxima semana, os rumores são de que já nesta sexta-feira (27) será feito o anúncio oficial, sendo que em entrevista ao Jornal Opção Online nesta quinta-feira (26/6), Denes transpareceu já estar decidido.

Ele enumerou, brevemente, os motivos pelos quais coligar com o PT de Antônio Gomide ou com o PSB de Vanderlan Cardoso não seria vantajoso ao PRTB. O partido, assim como o PTN, o PSL e o PCdoB, era favorável ao nome do empresário Júnior Friboi para a cabeça de chapa.

“Com o PT, apesar do nome de Gomide, que é uma referência política em Goiás, nós não temos chapa para coligar”, diz, referindo-se às chapas proporcionais. “Com Vanderlan Cardoso, que realmente possui capital político, foi prefeito [de Senador Canedo] e já disputou ao governo antes [em 2010], a coligação também enfrenta essa questão”, sintetiza Denes, sobre a pequena aliança entre PSB, PSC e PRP –– já que o PTN de Francisco Gedda, antes cogitado para vice, também é cotado para união com o PMDB. “No Iris, eu vislumbro essa possibilidade maior”, chegou a dizer, ponderando em seguida que “ainda não há nada fechado.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.