Projeto que permite uso de aplicativo por taxistas de Goiânia é aprovado na CCJ

A matéria, proposta pelo vereador Carlin Café (PHS), está apta para compor a pauta do Plenário nas próximas sessões

O vereador Carlin Café é autor do projeto | Foto Eduardo Nogueira

O projeto de Lei que que altera parte da lei que regulamenta o serviço de transporte individual de Táxi em Goiânia foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), nesta semana.

De acordo com o vereador Carlin Café (PPS), autor da matéria, o objetivo “é possibilitar que os taxistas de Goiânia possam utilizar as plataformas de transporte por aplicativos e assim competir com as empresas que já estabeleceram, tais como Uber, Cabify Easier, entre outros.

Ele contou que apresentou requerimento ao Executivo para realização de parceria com a prefeitura do Rio de Janeiro para possibilitar a realização em Goiânia de serviço semelhante ao realizado lá e em São Paulo denominado de TáxiRJ e TáxiSP. Aqui, segundo Carlin, se chamará TáxiGO e permitirá isenção de taxas para os taxistas em relação aos motoristas de aplicativos.

“Este projeto vai possibilitar a assinatura do termo de cooperação com o Rio de Janeiro para implementar o serviço aos taxistas daqui sem custo”, esclareceu o parlamentar. A matéria está apta para compor a pauta do Plenário nas próximas sessões.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.