Projeto proíbe restrições à utilização de celulares comprados fora do país

Autor da proposta argumenta que regra atual encarece preço dos produtos no Brasil

A Câmara dos Deputados analisa proposta que proíbe a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de impor restrições à utilização, em território nacional, de aparelhos celulares comprados no exterior.

A medida está prevista no Projeto de Lei 8271/17, do deputado Felipe Bornier (Pros-RJ). Ele argumenta que a regra atual que exige homologação, pela Anatel, dos aparelhos encarece o preço dos produtos no Brasil.

“O objetivo é permitir que equipamentos adquiridos fora do País, ou mesmo aqui, mas sem o selo de homologação da Anatel possam operar harmonicamente com os equipamentos homologados, favorecendo a concorrência, o que, certamente, acarretará diminuição dos preços dos celulares, em benefício da população”, afirma Bornier.

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Defesa do Consumidor; de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.