Na segunda-feira, 1, o governador Ronaldo Caiado assinou liberação de linha de crédito para trabalhadores do transporte escolar

O deputado estadual Alysson Lima (Solidariedade), que apresentou o projeto 2280/2020, que representa os motoristas de vans escolares acampados em frente à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), entrou com um pedido documental ao presidente da Comissão Mista, o deputado Humberto Aidar (MDB) para convocar sessão com intuito de avaliar o relatório de Cairo Salim (PROS).

[relacionadas artigos=”258306″]

O projeto que deve liberar vans como transporte complementar ao transporte coletivo em Goiânia poderá ser votado em primeira instância ainda hoje em Plenário.


O parlamentar destacou que, caso aprovada e os motoristas possam contribuir com o transporte na capital, a população seria beneficiada com a não aglomeração, conforto e segurança em seus trajetos, pagando o mesmo valor. Além disso, os motoristas também teriam a vantagem da oportunidade de trabalho e de levar sustento às suas famílias.

Linha de crédito

Na última segunda-feira, 1, o governador Ronaldo Caiado assinou a liberação de uma linha de crédito especial para os motoristas de vans escolares e afirmou que as soluções para essa questão serão encontradas coletivamente.

A linha de crédito contempla a disponibilização de R$ 9 mil para cada operação, divididos em três parcelas mensais de R$ 3 mil, com 12 meses de carência e 48 meses no total para pagamento, a juros de 0.8% ao mês.