Produtos de camping e pesca variam em até 190%, diz Procon

Ao todo, 78 itens foram analisados. Para traçar a variação global o Procon considerou dados do levantamento realizado no mesmo período do ano passado

Foto: Procon Goiás

É comum o aumento da procura por itens de camping e pesca neste período do ano. Pensando na possível oscilação dos valores destes produtos, o Procon Goiás realizou uma vistoria nos dentre os dias 25 de junho e 3 de julho, com o intuito de diagnosticar o comportamento de casas especializadas na venda destes produtos.

Ao todo, 78 itens foram analisados. Dentre eles: barracas, colchões, lanternas, repelentes, fogareiros, anzóis, linhas e varas. O aumento médio geral foi de 1,03%. Para chegar a este resultado, o Procon considerou dados do levantamento realizado no mesmo período do ano passado.

A maior variação foi da linha de pesca. Segundo o órgão de fiscalização e controle, houve oscilação de 190% na linha para pesca de 120 m de 0,35 mm e marca Araty. O menor preço encontrado para este produto foi de R$ 5,00, e o maior: R$ 14,50.

Em seguida aparecem as caixas e garrafas térmicas. A oscilação desses produtos foi de 5,48%. Depois, surgem as barracas com 5,21%. Os colchões infláveis registraram variação de 3,48%. Mas também houve reduções como: -5,16% nas lanternas, -3,70% nos anzóis e -2,76% nos fogareiros, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.