Procon interdita Hipermercado Extra do Setor Serrinha

Em ação feita em parceria com Delegacia Estadual de Repressão de Crimes contra o Consumidor e Vigilância Sanitária, órgão encontrou diversas irregularidades

Fachado do supermercado Extra | Foto: reprodução / Kekanto

Esta é a segunda vez que o hipermercado da Serrinha é interditado | Foto: Reprodução / Kekanto

O Procon Goiás interditou, nesta segunda-feira (6/6), em parceira com a Delegacia Estadual de Repressão de Crimes contra o Consumidor (Decon) e Vigilância Sanitária, o Hipermercado Extra do Setor Serrinha. Durante a tarde de segunda-feira, os três órgãos realizaram fiscalização na unidade.

Segundo o Procon, diversas irregularidades já haviam sido constatadas mesmo antes do fim da vistoria. Foram encontrados produtos vencidos; alimentos armazenados em temperatura inadequada; fraldas infantis e geriátricas armazenadas em contato com inseticidas e em depósito de chão batido com poeira e sujeira; além de brinquedos infantis com fezes de gatos e ratos.

Essa é a segunda vez que a unidade do Serrinha do hipermercado é interditada. Na primeira, em novembro de 2015, o gerente do local chegou a ser preso durante a operação de fiscalização.

Em nota, o Extra afirmou que as irregularidades encontradas na loja “Não correspondem aos padrões exigidos pela companhia” e acrescentou que “A Loja está tomando todas as providências necessárias para correção, conforme orientação dos órgãos”. Ainda no comunicado, o hipermercado garante que já reorientou seus colaboradores dos padrões de excelências exigidos pela rede e que “Pauta suas ações no respeito ao cliente e possui rigorosos processos para garantir a qualidade dos produtos comercializados em suas lojas”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.