Nesta terça-feira, 23, 5 equipes da fiscalização do Procon Goiás estiveram em operação em 13 postos de combustíveis de Goiânia e Aparecida de Goiânia. A operação acontece uma semana após o anúncio da Petrobrás de redução do preço médio da venda de diesel, gasolina e gás de cozinha para as distribuidoras.

A intenção é averiguar se os postos estão repassando os novos valores com redução ao consumidor. Para isso, os estabelecimentos foram notificados a apresentar notas fiscais de entrada e cupons de venda desde o último dia 9, uma semana antes do anúncio de redução feito pela Petrobrás. Os postos terão 5 dias úteis para apresentar essa documentação.

Segundo o superintendente do Procon Goiás, Levy Rafael Cornélio, se for constatada alguma irregularidade dos postos, pode haver autuação do estabelecimento. “Embora haja o livre mercado e concorrência, estamos de olho, embasados pelo Código de Defesa do Consumidor, para equilibrar as relações e garantir que não haja prejuízo ao consumidor”.

Anúncio da Petrobrás
No último dia 16 de maio, a Petrobrás anunciou a redução em R$ 0,44 por litro do preço médio do diesel para as distribuidoras, que passou de R$ 3,46 para R$ 3,02. Já o preço médio da gasolina sofreu redução em R$ 0,40 por litro, passando de R$ 3,18 para R$ 2,78.