Primeiro ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio é de Italo Ferreira

Gabriel Medina na decisão pelo bronze, caiu para o australiano Owen Wright

Italo Ferreira, surfista brasileiro | Foto: reprodução/ Instagram

O potiguar de Baía Formosa, campeão mundial de surfe em 2019, Italo Ferreira enfileirou manobras e garantiu o primeiro ouro da história do surfe em Olimpíadas e o primeiro do Brasil em Tóquio. Diante do japonês Kanoa Igarashi, que eliminou Gabriel Medina na semifinal, o potiguar entrou para o rol de heróis olímpicos do país. A organização adiantou em um dia as finais da categoria por conta da ameaça de um Tufão.

Mesmo  quebrando a prancha logo em sua primeira tentativa de manobra, e o mar revolto o brasileiro não desanimou. Conseguiu três boas notas, o suficiente para deixar o japonês em combinação. No somatório final, 15,14 contra 6,60 do rival.

Gabriel Medina na decisão pelo bronze, caiu para o australiano Owen Wright. No feminino, o Brasil ficou fora da disputa pelo ouro depois que Silvana Lima se despediu nas quartas de final. A americana Carissa Moore foi a campeã após bater a sul-africana Bianca Buitendag na decisão. A japonesa Amuro Tsuzuki ficou com o bronze.

*Com informações do Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.