Preso homem suspeito de matar policial com foice e cometer estupros no DF

Após seis meses de investigação, suspeito foi preso em Minas Gerais. Homem usava documentos falsos para esconder condição de foragido

A Polícia Civil de Minas Gerais (PC-MG) prendeu neste sábado, 14, um homem suspeito de matar o policial federal aposentado, Moacyr Ferreira da Silva, 62, com golpe de foice, em fevereiro deste ano, no distrito de Serra Bonita, município de Buritis (MG). A ação que apurou o assassinato, batizada de Operação Dragão Vermelho, ocorreu em Alexânia (GO). O preso também cometeu diversos crimes no Distrito Federal, como estupro e roubo.

A investigação, realizada durante seis meses, obteve evidências consistentes de que o autor, mesmo antes do latrocínio do PF, utilizava documentos falsos para esconder sua condição de foragido da Justiça.

Os policiais também descobriram o modus operandi do assassino. Ele se aproximava das vítimas com a intenção de trabalhar, geralmente em chácaras do DF, GO e MG, mas aos poucos ia revelando sua personalidade violenta, ostentando armas de fogo. Segundo a PCMG, o homem é um criminoso em série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.