Presidiários confeccionam máscaras de proteção para profissionais da saúde e militares

Iniciativa é resultado da parceria entre a DGAP e programa Goiás de Resultados. Ação foi elogiada pelo vice-governador, Lincoln Tejota, nas redes sociais

Foto: Reprodulão/Internet

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota (Cidadania) usou as redes sociais na manhã desta terça-feira, 24, para enaltecer o programa Goiás de Resultados, do governo estadual, e também a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP). Graças a essa parceria, 35 presidiários estão trabalhando nas Unidades Prisionais de Aparecida de Goiânia, Luziânia e Orizona.

Meio a crise gerada pela disseminação do novo coronavírus no Estado, os presidiários têm trabalhado na confecção de mascaras de proteção. Somente até o final da semana passada foram confeccionadas mais de 1.500 unidades. As mascaras serão distribuídas ao profissionais de saúde e servidores da Polícia Militar que estão atuando na contenção do vírus em Goiás.

Todos os envolvidos serão beneficiados com a remissão da pena por tempo de trabalho, conforme previsto na Lei de Execução Penitenciária (LEP). De acordo com o vice-governador, a sociedade goiana precisa de “ações criativas e eficientes como essa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.