Presidente do TJGO diz que prioridade da gestão será o servidor

Gilberto Marques tomou posse nesta quarta-feira (1º) e se comprometeu a buscar junto ao governo soluções para impasses

Presidente toma posse | Foto: reprodução/TJGO

Após tomar posse como presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, o desembargador Gilberto Marques afirmou, durante coletiva de imprensa, que sua prioridade será trabalhar pelos servidores do TJGO.

“Estamos em um momento de pré-greve e quero resolver essa situação. Tenho carinho e proximidade com os funcionários e já abri diálogo com o governo do Estado. Terei reunião com os presidentes de associações e o governador para evitar uma crise”, explicou.

Na tarde desta terça-feira (1º/2), a nova mesa diretora foi empossada, durante solenidade prestigiada. Pela primeira vez no comando do Judiciário goiano, Gilberto Marques se prontificou a sensibilizar o Executivo para os pleitos da categoria: “Além da data-base, os servidores reivindicam o pagamento da URV, que todos os estados já pagaram e aqui não começamos”.

Neste sentido, ele ratificou a bandeira da transparência em sua gestão, que estará sempre aberta à imprensa, caminhando junto aos outros Poderes e, claro, à sociedade.

Outro ponto importante defendido foi a continuidade nas ações da administração de Leobino Valente Chaves, como a digitalização dos processos e modernização da gestão. “Eu mesmo não tenho que me preocupar com levar aquela grande quantidade de processos para casa, é tudo no computador. Isso é um ganho para todos”, exemplificou.

Questionado sobre a gratuidade das certidões no Tribunal de Justiça de Goiás, o presidente se posicionou favorável: “Sou defensor da certidão gratuita, mas infelizmente fui vencido aqui na Corte. Há um pedido da OAB-GO junto ao CNJ [Conselho Nacional de Justiça], vamos ver o que será decidido.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.