Presidente da Adial, Otávio Lage também participa de oitiva na CPI dos Incentivos Fiscais

Ele representa a Jalles Machado S.A. do ramo sulcroalcooleiro, que recebeu isenção de R$ 280 milhões de ICMS

Foto: Eduardo Pinheiro/Jornal Opção

O presidente da Associação Pró-desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Otávio Lage, conhecido como Otavinho, é um dos empresários que responde a oitiva na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incentivos Fiscais, na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), nesta segunda-feira, 23.

Ele está representando a Jalles Machado S.A. do ramo sulcroalcooleiro. Na ocasião, Otávio apresenta histórico de atuação da empresa nos últimos dez anos, período em que usufruiu de benefícios fiscais concedidos pelo Estado.

De acordo com Machado, a sua empresa recebeu isenção de R$ 280 milhões de ICMS, mas pagou outros R$ 290 milhões. Neste período, pagou R$ 1,3 bilhões para 3.700 funcionários e fez investimentos na ordem de R$ 1,4 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.