Prefeitura repassa R$ 2 mi e garante normalização na merenda escolar

Prefeito Paulo Garcia criou força-tarefa na última semana para apurar problemas na entrega de alimentos. Controladoria fará auditoria nesta quarta (8/9)

edilberto-dias-ok-1

Edilberto Dias, controlador-geral de Município, garante repasse | Foto: reprodução / Facebook

A Prefeitura de Goiânia garante que normalizará o fornecimento de merenda escolar para os alunos da rede municipal ainda nesta terça-feira (8/9).

Com um repasse de R$ 2 milhões efetuado diretamente às instituições de ensino, o controlador-geral do Município, Edilberto Dias, informa que não faltará mais nenhum tipo de alimento nas 360 escolas e CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil).

“Todas as medidas estão sendo tomadas para regularizar a merenda escolar e dar mais transparência aos processos de compra e distribuição de produtos”, acrescentou ele.

Mesmo assim, a força-tarefa determinada pelo prefeito Paulo Garcia (PT) — e anunciada com exclusividade pelo Jornal Opção — seguirá os trabalhos normalmente e, inclusive, começará a visitar escolas nesta quarta-feira (9/9). As primeiras serão de tempo integral.

Além disso, terá início, às 10 horas, uma auditoria em todas as 360 instituições educacionais do município — que, juntas, atendem mais de 130 mil alunos.

Além das unidades, a gerência de educação alimentar também passa por auditoria. A área é responsável pelos procedimentos de pedidos de compra, elaboração de cardápios, fiscalização e controle de produtos adquiridos, acompanhamento, orientação e avaliação da Política Municipal de Alimentação nas instituições educacionais, bem como de planejamento e controle de estoques e saldos.

Cerca de 50 analistas, servidores dos departamentos de auditoria, ouvidoria, contas de gestão e corregedoria do município estão envolvidos na força-tarefa que irá assegurar a entrega efetiva dos alimentos em todas as unidades educacionais.

O trabalho, que será concluído em, no máximo, 90 dias, consiste na auditoria, entrega de folders com orientações aos gestores, recomendações sobre prestação de contas e preenchimento do contrato de saldo de entrada e saída dos alimentos nas instituições, informa a prefeitura.

Ouvidoria

Para complementar o trabalho dos auditores, a Controladoria-Geral do Município criou meios para que a população possa registrar o descontentamento com a merenda ou qualquer queixa relacionada ao assunto.

O cidadão tem a opção de entrar em contato com a administração municipal através da internet – acessando o link da ouvidoria no site da prefeitura de Goiânia, ou pelo e-mail [email protected]; por meio do hotline (linha direta) –, ligando nos telefones 3524-4072 e o 3524-3395; e também pessoalmente – na Ouvidoria Geral, localizada no Paço Municipal (Avenida do Cerrado, número 999, Park Lozandes).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.