Prefeitura desmente foto em que urso aparece sem água

Gestão Paulo Garcia postou vídeo nas redes sociais em que animal aparece numa piscina e esclarece post que circula no Facebook

urso-OK

Foto: reprodução

A Prefeitura de Goiânia usou as redes sociais para esclarecer uma denúncia que viralizou no Facebook (veja acima) no último domingo (27/9). De acordo com o post/foto, um urso do zoológico da capital estaria sofrendo sem água e acomodação adequada.

No entanto, a direção do Zoo Gyn informou que o animal ocupa dois recintos interligados e um deles conta com tanque cheio de 10 mil litros de água, que é “trocada diariamente”. Assim, a foto que foi postada no Facebook mostra o outro, que realmente não tem a piscina.

“Em momento algum o urso ficou sem água à sua disposição. A direção esclarece ainda que os recintos não possuem cobertura de vidro e sim de tela e que os ambientes recebem, inclusive, aspersão de água para minimizar o calor”, versou o comunicado.

A prefeitura informou, ainda, que “picolés de fruta, no caso dos primatas, e de sangue e carne para espécies carnívoras” também fazem parte do tratamento diferenciado para enfrentar o forte calor e a baixa umidade da capital neste período.

No vídeo abaixo, gravado pelo diretor do local, é possível ver o animal nadando:

Urso no Zoo GynAtenção! Sobre a foto que tem circulado nesta rede social do urso no Zoológico de Goiânia, a direção do Zoo Gyn informa que o animal ocupa dois recintos interligados, um deles com tanque cheio com 10 mil litros de água, trocada diariamente. Como pode ser visto na foto e no vídeo abaixo, gravado pelo diretor enquanto concedia entrevista por telefone a um veículo de comunicação, os dois ambientes são ligados por uma manilha, pela qual o urso se desloca de um recinto para o outro. Portanto, em momento algum o urso ficou sem água à sua disposição. A direção esclarece ainda que os recintos não possuem cobertura de vidro e sim de tela e que os ambientes recebem, inclusive, aspersão de água para minimizar o calor. Picolés de fruta, no caso dos primatas, e de sangue e carne para espécies carnívoras também fazem parte do tratamento diferenciado para enfrentar o forte calor e a baixa umidade da capital neste período.

Posted by Prefeitura Municipal de Goiânia on Segunda, 28 de setembro de 2015

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.