Prefeitura de Senador Canedo intensifica trabalhos do projeto “Pipa sem Cerol”

Medida busca garantir que brincadeira não se torne ato perigoso

Foto: reprodução

A Prefeitura de Senador Canedo intensificou nas últimas semanas os trabalhos de conscientização e apreensão do projeto “Pipa sem Cerol”. A ação feita por meio de agentes do município, tem om objetivo de manter a brincadeira de “soltar pipa” um ato seguro, já que neste período, por conta dos ventos fortes, o número de pipas no céu cresce consideravelmente.  

Pensando na orientação e conscientização da comunidade, a prefeitura de Senador Canedo, por meio da Guarda Municipal, Superintendência Municipal de Trânsito, Polícia Militar e Conselho Tutelar percorrem a cidade para orientar e apreender as linhas com cerol ou chilenas, evitando acidentes e mortes.

A prefeitura chama atenção para a responsabilidade criminal para o uso, já que é configurado crime. A lei municipal, nº 2.041/2017,  puni não só o uso, mas a produção, comercialização, armazenamento, transporte e distribuição do cerol, linha chilena ou qualquer material cortante utilizado na linha de empinar pipas.

Quem utiliza o cerol pode ser responsabilizado por lesão corporal culposa e perigo para a vida ou saúde de outros. A pena varia de dois meses a 1 ano de prisão.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.