Prefeitura de Goiânia anuncia mudanças nas matrículas escolares para próximo ano letivo

Objetivo é priorizar famílias carentes; O novo modelo será lançado em 1º de novembro, e inclui a obrigatoriedade do CPF dos alunos

Foto: Reprodução

A prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), anunciou que haverá mudanças no sistema de matrícula estudantil, no intuito de priorizar as famílias carentes. O novo modelo será lançado em 1º de novembro, e inclui a obrigatoriedade do Cadastro de Pessoa Física (CPF) dos alunos.

Em entrevista coletiva que será concedida na próxima terça-feira, 1º, o secretário Marcelo Costa vai anunciar as novas medidas para matrículas para os alunos novatos nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) e dos Centros de Educação Infantil (CEI).

O secretário anunciará, também, as mudanças que ocorrerão nas etapas de inscrição até a concretização da matrícula. “A matrícula informatizada, além de uma medida de democratização do acesso à educação, possibilita mais transparência e evita problemas relacionados às filas de procura por vagas nas instituições educacionais”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.