Prefeito de Ipameri pede prioridade na vacinação para região da Estrada de Ferro

Região foi classificada em situação de calamidade pela Nota Técnica da Secretaria Estadual de Saúde. Prefeito citou o exemplo de Manaus que foi priorizada pelo governo Federal

Região da Estrada de Ferro é uma das seis regiões que estão em situação de calamidade| Foto: Divulgação

Após a Nota Técnica da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) que classificou a situação da Covid-19 em 18 regiões do Estado, o prefeito de Ipameri, Jânio Pacheco (Podemos), pediu prioridade para o município e para toda a região da Estrada de Ferro, que, segundo a Nota Técnica, está em estado de calamidade.

O prefeito de Ipameri citou o caso de Manaus, que foi priorizado pelo Ministério da Saúde após o colapso do sistema de saúde devido a pandemia causada pela Covid-19 no Estado do norte do Brasil. Para ele, assim como ocorreu no Amazonas, a região deve receber um olhar diferente por parte do governo Estadual neste momento. “Mais do que justo e necessário é dar prioridade a esses municípios a fim de controlar a evolução dos casos”, justificou Jânio. 

O Estado de Goiás conta atualmente com 6 regiões em situação de calamidade segundo a SES. Além da região da Estrada de Ferro, Entorno Sul, Nordeste II, Oeste I, Rio Vermelho e São Patrício I são as demais regiões que se encontram em situação calamitosa. 

Desde o início da pandemia, Ipameri registrou 1121 casos confirmados de infecção pelo coronavírus. Atualmente, o município de 27 mil habitantes está com 694 pessoas em isolamento e 18 em tratamento hospitalar. Dos 31 óbitos ocorridos no município devido ao coronavírus, 18 foram registrados em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.