Prazo para se concorrer às bolsas do ProBem está no fim; saiba como se inscrever

5 mil estudantes serão contemplados com o benefício, sendo 4 mil com bolsas parciais e mil com integrais

Prazo para se concorrer às bolsas do ProBem está no fim; saiba como se inscrever | Foto: Reprodução

Inscrições do Programa Universitário do Bem (ProBem) encerram nesta sexta-feira, 16. Ao todo, 5 mil estudantes participantes do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) serão contemplados com o benefício. Resultado do processo seletivo será divulgado no início de agosto.  Para concorrer, basta acessar o site da OVG e se cadastrar até 23h59 de sexta.

Com os novos bolsistas, o programa da Organização dos Voluntários de Goiás (OVG) alcança a marca de 10 mil beneficiários a serem atendidos no segundo semestre de 2021.Das bolsas ofertadas, 4 mil irão custear 50% do valor da mensalidade, em bolsa parcial, e outras mil serão bolsas integrais. Enquanto para a maioria dos cursos, o benefício parcial pode chegar a R$ 650 o parcial e R$ 1.500 o integral, para alunos de medicina e odontologia, as bolsas serão de R$ 2.900 parcial e R$ 5.800 (bolsa integral). O benefício será oferecido para o segundo semestre deste ano.

O ProBem pode ser concedido desde o primeiro semestre da faculdade e, desde que entrou em vigor, passou a priorizar cursos com maior chance de empregabilidade e de melhoria na vida dos estudantes após a formatura. A presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, destaca a importância das mudanças implementadas na vida dos universitários goianos. “Agora, nós temos uma seleção mais inclusiva, com dados do CadÚnico, que deixa todo o processo mais transparente e justo. Conseguimos beneficiar quem realmente precisa e mudar a realidade na qual os estudantes estão inseridos”, destaca.

O benefício foi sancionado no dia 5 de janeiro de 2021 e visa auxiliar no desenvolvimento social e econômico do Estado de Goiás por meio da concessão de bolsas de estudos, mediação do acesso ao mundo do trabalho e fomento à participação cidadã para estudantes universitários em situação de vulnerabilidade social. A seleção dos beneficiários leva em conta a condição de vida da família e avalia os dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.