PR apoiará Vanderlan no segundo turno em Goiânia

Deputada federal Magda Mofatto afirmou ao Jornal Opção que partido não ficará neutro na eleição e deve caminhar com a base governista

Deputado federal Waldir Soares e deputada federal Magda Mofatto durante convenção | Foto: Larissa Quixabeira/ Jornal Opção

Deputado federal Waldir Soares e deputada federal Magda Mofatto durante convenção do PR | Foto: Larissa Quixabeira/ Jornal Opção

Após a derrota de Delegado Waldir, o PR deve caminhar com Vanderlan Cardoso (PSB) no segundo turno em Goiânia. Principal nome do partido no Estado, a deputada federal Magda Mofatto afirmou ao Jornal Opção que, embora não tenha um posicionamento definitivo, a tendência é que estejam juntos à base do governador Marconi Perillo (PSDB). “Sempre afirmei que PR faz parte da aliança estadual”, garantiu.

Especulou-se que, caso o candidato republicano fracassasse (como aconteceu), a legenda não apoiaria ninguém. “Não vamos ficar de fora das aticulações, como políticos, não podemos fazer isso. Falo sempre o seguinte, quem não tem lado, fica do lado de fora. Não sou neutra, não fico de fora”, rebateu ela.

Em vídeo, Delegado Waldir afirmou que não apoiará ninguém no segundo turno e criticou a decisão dos eleitores que optaram por Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan (PSB). Questionada sobre o posicionamento do derrotado, Magda Mofatto garantiu que se trata de um comportamento isolado. “Ele sempre foi individualista, não quis ter grupo, não quis coligação. Tem opinião própria, mas não reflete a do partido. É uma posição pessoal”, arrematou.

No maior colégio eleitoral do Estado, o ex-prefeito Iris Rezende, que liderou todas as pesquisas divulgadas, obteve 40,47% dos votos válidos, enquanto o empresário pessebista amealhou 31,84%. A diferença entre os dois foi de menos de 60 mil votos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.