Segundo a Polícia Civil, homem fugiu para Portugal após executar os crimes contra os clientes em Goiânia

Nuno D'Oliveira está foragido | Foto: Reprodução/Facebook
Nuno D’Oliveira está foragido | Foto: Reprodução/Facebook

O português Nuno Alexandre Alves D’Oliveira, de 43 anos, aplicou diversos golpes em pelo menos oito pessoas em Goiânia. Entre as vítimas estão um juiz, um advogado, um bancário, um médico, um empresário e um jornalista. Os prejuízos chegaram a R$ 200 mil.

Nuno D’Oliveira fazia serviços de instalação de boxes, esquadrias, vidros, portas e janelas em condomínio de luxo na capital. Após a aplicação dos golpes, o homem fugiu para Portugal.

Ele estava no Brasil desde 2008 e a conclusão da investigação será apresentada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), nesta segunda-feira.