Porta-voz de Jair Bolsonaro é diagnosticado positivo para Covid-19

Além de Otávio do Rêgo Barros, porta-voz do presidente, outros 23 membros da equipe do governo já haviam sido infectados pelo vírus em março, após viagem aos EUA

Otávio do Rêgo Barros, porta-voz do presidente Jair Bolsonaro | Foto: Márcio Corrêa

O porta-voz do presidente Jair Bolsonaro, Otávio do Rêgo Barros, está infectado pelo novo coronavírus. A informação foi confirmada por seu gabinete. Ele tem 59 anos, está bem e em isolamento em casa. O caso é mais um na equipe do governo, após 23 pessoas da comitiva que viajou aos Estados Unidos serem diagnosticadas com a doença em março.

Dentre os membros da equipe de Bolsonaro que foram infectados pela Covid-19, estão os ministros Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, e Bento Albuquerque, de Minas e Energia. Também o secretário de Comunicação Fábio Wajngarten. O presidente teria realizado, desde então, dois testes para saber se foi infectado. No entanto, ele anunciou os resultados foram negativos. Mesmo após determinação judicial para Bolsonaro apresentar os laudos, o presidente se negou a mostrar os exames.

Na última semana, em entrevista a uma rádio do Rio Grande do Sul, Bolsonaro afirmou novamente que pode ter sido contaminado. “Eu talvez já tenha pegado esse vírus no passado, talvez, talvez, e nem senti”, disse.

Leia a nota na íntegra do gabinete de Rêgo Barros:

O Porta-Voz do Presidente da República, general Otávio Santana do Rêgo Barros, testou positivo para a Covid-19. Realizou o teste na segunda-feira (4 de maio), tendo o resultado sido confirmado no dia de ontem.

O general Rêgo Barros encontra-se em sua residência, cumprindo todos os protocolos recomendados e, até o momento, sem sintomas que mereçam maiores preocupações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.