Por falta de estrutura, Felisberto Tavares deixa Secretaria Municipal de Trânsito

Vereador licenciado lamenta falta de perspectiva na gestão Iris Rezende (PMDB)

Secretário Felisberto Tavares | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

O vereador licenciado Felisberto Tavares (PR) confirmou ao Jornal Opção, na tarde desta teça-feira (23/5), que vai deixar o comando da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade de Goiânia (SMT).

Na pasta desde que Iris Rezende (PMDB) tomou posse, o republicano decidiu voltar para a Câmara devido à falta de estrutura e de perspectiva no cargo. Em uma rápida conversa por telefone, ele informou que já conversou com Iris, que aceitou a carta de demissão.

Felisberto Tavares já havia reclamado publicamente do desmonte da SMT e das péssimas condições de trabalho no órgão. Durante a Comissão Especial de Inquérito que investiga as últimas gestões da pasta, chegou a dizer que estava “totalmente deteriorada”.

Interino

Por meio de nota, a Prefeitura de Goiânia comunicou que o atual chefe de gabinete do prefeito, Luis Fernando Santana, assumirá interinamente a Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade de Goiânia.

“Santana foi escalado pelo prefeito Iris Rezende para conduzir a SMT até que um novo nome seja escolhido pelo chefe do executivo municipal para assumir a titularidade da pasta. O novo secretário interino conta com a total confiança do prefeito e vai dar prosseguimento aos assuntos mais urgentes que aguardam soluções naquela secretaria”, versa o texto.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.