Polícia prende suspeito de latrocínio em Luziânia

Comparsa que ajudou no crime continua foragido

Foto: Divulgação PCGO

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Luziânia, prendeu, nesta segunda-feira (6/8), Vitor Felipe Barbosa Pereira, suspeito de, ter matado S.M.F., de 41 anos, durante assalto em um bar.

O crime aconteceu na madrugada do último domingo (5). Na ocasião, Vitor e um comparsa chegaram ao estabelecimento e, após pedirem uma cerveja, anunciaram o assalto, passando a recolher objetos dos clientes.

De acordo com as investigações, durante a ação criminosa, os suspeitos questionaram sobre a propriedade de um veículo VW Gol que estava na porta do bar. Nesse momento, a vítima se apresentou e foi levada até o veículo.

Ao chegar no carro, a vítima informou aos assaltantes que a chave do carro havia ficado dentro do bar, momento em que Vitor retornou ao interior do estabelecimento para buscar o objeto. Ao retornar, Vitor teria desconfiado que o dono do veículo havia avisado a polícia sobre o roubo.

Assustada, a vítima saiu correndo e foi perseguida, sendo alcançada por Vitor, que efetuou contra ela disparos de arma de fogo. Imagens de câmeras de segurança ajudaram a polícia a identificar os autores, que foram localizados cerca de 36 horas depois do crime, no bairro Mingone II.

Durante a abordagem, a dupla empreendeu fuga, sendo que apenas Vitor foi capturado, apontando na sequência o destino da arma utilizada no crime. Vitor ainda apontou onde o carro da vítima foi abandonado, após ser incendiado no intuito de destruir provas do latrocínio.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.