Polícia prende estelionatários que aplicavam golpes em clientes do Banco do Brasil

Dupla conseguiu cerca de R$ 50 mil com o esquema, que vitimou pelo menos nove pessoas. Outros dois membros da quadrilha estão foragidos

A Polícia Civil (PC) prendeu, na última terça-feira (17/1), dois homens suspeitos de aplicar golpes em correntistas do Banco do Brasil. Segundo a PC, pelo menos nove vítimas já foram identificadas e a dupla teria conseguido pelo cerca de R$ 50 mil com o esquema. Além dos dois homens que foram presos, os oficiais estão em busca de uma mulher que os ajudava e do líder da quadrilha, que estão foragidos.

Depois de acessar um banco de dados para conseguir os contatos das vítimas, a mulher ligava para a vítima se passando por funcionária do banco e perguntava se eles haviam autorizado uma compra de valor alto no cartão de crédito. De acordo com o delegado, como a vítima desconhecia a tal transação, negava que a houvesse feito e então a estelionatária dizia que o cartão dela havia sido clonado.

Em seguida, a vítima era informada da possibilidade de cancelar o cartão. Se ela aceitasse, a mulher a orientava a fazer uma carta de próprio punho e informasse sua senha para prosseguir com o cancelamento. Então, ela enviava “funcionários” para a casa da pessoa para buscar o cartão.

“Para dar mais veracidade ao golpe, os golpistas forneciam até número de protocolo. Depois de pegar o envelope, a dupla ia ao banco, sacava todo dinheiro da conta e fazia empréstimos”, afirmou o delegado responsável pelo caso, Izaías Pinheiro, do 1º Departamento de Polícia (DP) de Goiânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.