Polícia Militar já registra 23 ocorrências durante segundo turno em Goiás

Um mesário que estaria divulgando vídeos de fake news foi preso em Goiânia

Foto: Jornal Opção

A Polícia Militar de Goiás registrou neste domingo (28/10) em que são realizadas as eleições de segundo turno para presidência, 23 ocorrências no estado. O principal crime cometido foi o de violação do sigilo do voto, que é quando o próprio eleitor  faz registro para divulgação do voto, configurado como crime eleitoral.

No primeiro turno a principal ocorrência registrada pela PM foi o crime de boca de urna. Na  ocasião a polícia registrou 126 ocorrências.

“Consideramos que este número está completamente dentro da normalidade, ele deve aumentar um pouco até o final do dia, mas j[á é bem menor que o registrado no primeiro turno que também aconteceu de forma bem tranquila em Goiás”, afirma o representante da corporação, coronel Anésio Barbosa.

Um caso que chamou a atenção aconteceu no Colégio Agripina, no setor Urias Magalhães em Goiânia. Um mesário que trabalhava no local estaria gravando e divulgando vídeos de fake news. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.