Polícia Federal deflagra operação contra segurança irregular em boates do estado

No total, 38 agentes participaram da ação, feita em 19 casas noturnas nas cidades de Goiânia, Anápolis e Rio Verde

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na última sexta-feira (30/6), a Operação Segurança Legal, com o objetivo de fiscalizar a execução irregular de atividades de segurança privada em casas noturnas. Pela lei brasileira, apenas empresas autorizadas pela PF podem prestar esse tipo de serviço.

No total, 38 policiais atuaram em Goiânia, Anápolis e Rio Verde para fazer a fiscalização em 19 casas noturnas. Além das autuações e suspensões do serviço de segurança, os policiais também prenderam uma pessoa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, em Rio Verde.

Em Goiânia, foram fiscalizadas 12 casas noturnas e, entre elas, apenas duas estavam regulares. Oito boates estavam com segurança clandestina enquanto uma sequer tinha segurança e outra estava fechada.

Já em Anápolis e Rio Verde, foram encerradas as atividades de segurança de, respectivamente, quatro e três boates e, em ambas, uma empresa foi notificada. Ações semelhantes foram realizadas em todo o Brasil.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.