Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em gabinete de vereador em Anápolis

Operação Split Pay, cumpre 10 mandados na Câmara Municipal da cidade, com objetivo de conseguir provas para inquérito policial que investiga suspeita de rachadinha

Operação Split Pay | Foto: divulgação

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap), cumpre 10 mandados de busca e apreensão no gabinete do vereador Luzimar Silva (PMN), e nas residências e estabelecimentos dos demais envolvidos em suposto esquema de rachadinha, em Anápolis. A Câmara Municipal da cidade emitiu nota à respeito, veja a íntegra ao final da matéria.

O coordenador da operação Split Pay, delegado Davi Freire Rezende, titular da Dercap disse ao Jornal Opção, que a investigação surgiu no início de 2019 a partir de uma denúncia feita na Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap).

“A partir dessa denúncia nós desenvolvemos uma investigação por meio de inquérito policial e identificamos que de fato havia prática do que é conhecido popularmente como ‘rachadinha’, que basicamente era o pagamento de salários a assessores e servidores vinculados ao gabinete do vereador e esses assessores devolviam parte dos seus salários ao vereador”, explica.

“Na data de hoje, em um momento de ultimar a investigação desencadeamos essa operação. As buscas foram feitas nas residências dos assessores, alguns estabelecimentos comerciais desses assessores, na residência do vereador e também no gabinete e salas adjacentes ao gabinete na Câmara Municipal”, completou o delegado.

Como próximos passos da investigação, o titular explica que vai analisar o que foi apreendido na operação hoje. “Vamos analisar o que foi apreendido, que basicamente são documentos comprobatórios dessa movimentação que citei anteriormente e também as oitivas dos envolvidos e pretendo dentro de 30 a 60 dias no máximo concluir a investigação indiciando ou não essas pessoas”, disse.

A operação Split Pay, contou com a participação de mais de 40 policiais civis, pertencentes à Dercap, 3a DRP – Anápolis e Gerência de Inteligência da Polícia Civil.

Nota Câmara Municipal de Anápolis

No início da manhã desta quinta-feira, 12 de agosto de 2021, policiais civis de Goiânia (GO) cumpriram mandado de busca e apreensão no gabinete do vereador Luzimar Silva (PMN). A ação policial foi acompanhada pelo procurador da Câmara, Maurílio Alvim, e o diretor administrativo, Pedro Paulo Santos, que forneceram todas as informações solicitadas e ofereceram todas as condições para que os policiais cumprissem com eficácia o mandado. Os policiais apreenderam fichas e pastas com documentos do gabinete. A Câmara Municipal de Anápolis não foi informada oficialmente sobre a motivação da busca e apreensão, que limitou-se apenas ao ambiente do gabinete do vereador Luzimar Silva. E acompanha com atenção o desenrolar das investigações. 

Anápolis (GO), 12 de agosto de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.