Polícia abre investigação para esclarecer causas de incêndio que atingiu restaurante, em Rio Quente

Foi requisitado laudo pericial, além da realização de levantamentos, no intuito de esclarecer a origem do foco de incêndio da última quinta-feira, 22

Hot Park, em Rio Quente | Foto: Reprodução/Hot Park

A Polícia Civil de Goiás, através da Subdelegacia de Rio Quente, instaurou Inquérito Policial para apurar as circunstâncias do incêndio da última quinta-feira, 22, que atingiu um restaurante no Hot Park. Investigações são coordenadas pelo delegado Fabiano Henrique Jacomelis.

Uma equipe da Polícia Civil foi ao local constatando a amplitude dos danos provocados pelas chamas. Em decorrência dos fatos, foi requisitado laudo pericial, além da realização de levantamentos e inquirições, no intuito de esclarecer a origem do foco de incêndio.

Os levantamentos preliminares indicam que o fogo teria começado em uma área próxima a um camping e, diante das condições climáticas, já que o ambiente estava seco e com ventos fortes,  se espalhou, atingindo o complexo  do Hot Park e causando diversos danos materiais.

Espaço reaberto

O parque aquático Hot Park reabriu na manhã desta sexta-feira, 23,  e segundo  a administração do local, as atrações estão funcionando normalmente, até às 18h com exceção do espaço que foi atingido pelas chamas

Por conta do incêndio, os clientes tiveram que ir embora, e com isso o Hot Park divulgou que quem esteve no parque na data, poderá “reagendar sua visita pelo site, com utilização até dezembro de 2022”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.