PMDB deve manter presidentes do partido até 2018

Bruno Peixoto (diretório metropolitano) afirmou que regimento permite prorrogação de seu mandato e de Daniel Vilela (estadual) por mais um ano

Deputado também garantiu que Vilela é o nome do PMDB para 2018 | Fotos: Y. Maeda/ Assembleia e André Lima/ Agência Câmara

O deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB) afirmou, nesta terça-feira (11/7), que seu partido seguirá sob o mesmo comando no estado e na capital pelo menos até o ano que vem. Isso porque o regimento nacional do PMDB permite a renovação dos mandatos dos diretórios municipais e estaduais por mais um ano, sem necessidade de novas eleições.

Atualmente, Bruno preside o PMDB metropolitano e o deputado federal Daniel Vilela o estadual. Dessa maneira, Vilela garante o comando da legenda até 2018, quando deve ser candidato ao governo do Estado. Com a manutenção da presidência, ele aumenta as chances de ser efetivado na disputa, mesmo com as especulações de que o PMDB possa vir a apoiar o senador Ronaldo Caiado (DEM) nas próximas eleições.

Questionado sobre a questão, Bruno disse que Caiado está no “grupo da oposição”, mas que eles estão trabalhando para Daniel. “Daniel é o nosso pré-candidato, não temos plano B não”, garantiu ele. Apesar de confirmar o deputado federal como o nome do partido, ele não quis adiantar quem será o vice na chapa. “Está muito cedo para essa articulação.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.