PMDB de Anápolis fecha apoio à reeleição de João Gomes e vice será Eli Rosa

Reunião nesta terça-feira (2/8) bateu o martelo sobre a aliança, costurada entre os deputados Rubens Otoni e Daniel Vilela

Prefeito João Gomes e pré-candidato a vice-prefeito, Eli Rosa | Fotos: Fernando Leite/ Câmara Municipal de Anápolis

Prefeito João Gomes e pré-candidato a vice-prefeito, Eli Rosa | Fotos: Fernando Leite/ Câmara Municipal de Anápolis

O PMDB confirmou a aliança com o PT em Anápolis e indicará a vice na chapa do atual prefeito petista, João Gomes ,que busca a reeleição.

No último fim de semana, o presidente do PMDB em Goiás, deputado federal Daniel Vilela, se reuniu com o mandatário e o também deputado federal Rubens Otoni (PT) para fechar os detalhes da parceria. Estiveram acompanhados do prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB); e do presidente do PT em Goiás, Ceser Donisete.

Contudo, foi só após reunião nesta terça-feira (2/8) que bateram o martelo sobre quem será o indicado peemedebista à vice. Apesar de ter relutado no início, o vereador Eli Rosa informou ao Jornal Opção que aceitou à indicação.

“Já tinha sido acordado que Nelson [Gomes, vice-presidente do PMDB anapolino] iria ser o vice de João Gomes, mas por problemas pessoais ele desistiu de última hora e meu nome foi o entendimento do grupo como o que fortaleceria a parceria”, explicou.

A pré-candidatura de João Gomes conta com aproximadamente dez partidos e o prefeito é tido como favorito à reeleição. Recente pesquisa mostrou que ele lidera as intenções de voto.

João Gomes, Daniel Vilela e Rubens Otoni em Anápolis | Foto: reprodução/ Facebook

João Gomes, Daniel Vilela e Rubens Otoni em Anápolis | Foto: reprodução/ Facebook

Esta é a segunda cidade que o PMDB costura aliança com o PT em Goiás. A primeira foi Aparecida de Goiânia, em apoio à candidatura do vereador peemedebista Gustavo Mendanha.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.