PM suspeito de assediar adolescente em Rio Verde tem prisão preventiva decretada

O assédio aconteceu com uma criança de 12 anos

Na tarde desta segunda-feira, 2, o Ministério Público de Goiás (MPGO) decretou prisão preventiva do capitão da Polícia Militar, após ele ser detido em flagrante por assédio sexual a um menino de 12 anos. O ato aconteceu nesse último final de semana em Rio Verde.

O policial militar foi levado para o presídio militar. Não há prazo estipulado quando a prisão é preventiva, contudo se é esperado que o inquérito policial seja concluído até a próxima semana. Dessa forma, a denúncia será encaminhada ao Ministério Público e uma análise será feita das provas colhidas para definição das possíveis penas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.