PM prende parte de quadrilha suspeita de explodir caixas em banco de Goiânia

Caso ocorreu na madrugada deste sábado (14) em setor nobre da capital

Divulgação

A Polícia Militar de Goiás prendeu neste domingo quatro homens suspeitos de explodirem caixas eletrônicos em agência bancária na Avenida T-7, no Setor Bueno, na capital, na madrugada de sábado (14). Uma menor também foi apreendida.

Igor Luiz Gonçalves de Oliveira, Lucas Borges de Lima Moura, Marcos Antonio Pires Jube Filho, Victor da Costa Lima e a menor foram detidos no Jardim Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia.

O grupo confessou integrar facção criminosa e ter dado suporte ao roubo da agência. Os suspeitos foram presos em flagrante pelos crimes de associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, receptação e adulteração de sinal de identificação veicular e roubo.

Outros três integrantes da quadrilha também participaram diretamente da explosão. Arthur Miguel Damasceno foi baleado na cabeça durante confronto com um policial civil que estava de folga no momento do roubo. Ele foi socorrido com vida e levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde passou por cirurgia. Rafael Nogueira e Silva e um rapaz ainda não identificado estão foragidos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.